sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Síntese das aulas do 10º ano - Setembro 2014


Caros alunos, neste primeiro momento da disciplina de filosofia, segue uma lista dos conteúdos principais que resumem a toolbox (caixa de ferramentas) que vamos usar ao longo do ano para fazer filosofia. Assim, para já, temos de saber:

- Distinguir coisas que aprendemos pelos sentidos de coisas que aprendemos pelo raciocínio apenas, como a matemática e filosofia.

- Caracterizar a filosofia como uma forma de saber que envolve atitude crítica, tomada de posição, sendo um saber a priori (que se desenvolve com recurso ao raciocínio argumentativo)

- Definição etimológica de filosofia como uma definição incompleta. Podemos gostar de saber sem ser filósofos.

- Dificuldade em definir explicitamente a filosofia.

- Definições implícitas de filosofia.

- Identificar problemas filosóficos distinguindo-os dos não filosóficos, principalmente dos problemas científicos.

- Compreender a inevitabilidade da filosofia como forma de compreensão do mundo .

- Compreender as seguintes noções:
·         Argumento
·         Proposição
·         premissas como as razões que oferecemos para defender uma tese
·         conclusão como a tese a ser defendida
·         refutação de argumentos
·         definições de conceitos (explícita e implícitas)
·         condições necessárias e suficientes (nas definições)

Para refutar argumentos temos de saber usar algumas formas de o fazer, sendo que as que aprendemos são:

·         negação de proposições simples e complexas (condicionais, Universais e particulares)
·         contra exemplos
·         contra argumentos

Dado que vamos apenas na 2ª semana de aulas, alguns destes conteúdos ainda estão a ser desenvolvidos, com explicações e exercícios. Atenção que parte destas matérias são conceitos técnicos, muito úteis para todo o percurso da disciplina e para o exame nacional de filosofia (não obrigatório, mas muito útil)

Enjoy. 

2 comentários:

Anónimo disse...

Não está directamente relacionado com o assunto, mas encontrei esta entrada de um blogue e acho que não seria má ideia divulgá-lo. Parece-me uma ideia interessante, aliás, parece-me que todo o blogue é interessante. Aconselho-vos a visitá-lo. Não é inteiramente filosófico, mas tem reflexões curiosas. http://porumnovoensino.blogspot.pt/2014/09/sobre-o-ensino-da-filosofia.html

Rolando Almeida disse...

Diz o autor do texto que a reflexão sobre o ensino da filosofia é apressada. Mas não necessitou de ser vagarosa para alertar de uma circunstância muito relevante do ensino da filosofia. Muito bem mesmo. Não poderia estar mais de acordo, pois como professor de filosofia sinto diariamente a dificuldade de tempo para o debate, pois é nele que melhor se faz filosofia. Estou obrigado a passar uma boa dose de conhecimentos para preparar os alunos que vão realizar exame. Mas estou de acordo que o programa é pouco prático. Obrigado pela sugestão do blog. Gostei.